Museu do Folclore de São José dos Campos SP – Brasil

Museu do Folclore de São José dos Campos SP – Brasil

museudofolclore.org
@museudofolcloresjc
/museudofolclore
Tiane Tessaroto (11-97303-6903) e Angélica Bellucci (12-98132-5669)
educativo.museudofolclore@gmail.com

O CECP emergiu de um grupo articulado em torno do Museu do Folclore de São José dos Campos, que originalmente compunha a Comissão Municipal do Folclore. No decorrer dos anos o CECP se envolveu com os trabalhos realizados pela ABREMC e passou a articular um projeto do Ecomuseu, que posteriormente passou a se chamar Ecomuseu dos Campos de São José. Tanto num quanto noutro projeto, a instituição trabalha na pesquisa e promoção de ações tendo como fundamento a cultura popular local, o mapeamento e fortalecimento das expressões culturais e o fomento do exercício de cidadania.
Desde suas primeiras articulações, o CECP contou com a participação efetiva e importante de mulheres, desde a composição da Comissão, da Organização da Sociedade Civil, das equipes e das comunidades envolvidas.

BUENAS PRÁCTICAS:

1. Projeto Museu Vivo

Um dos primeiros projetos desenvolvidos pelo Museu do Folclore, que busca valorizar o patrimônio imaterial de cada pessoa a partir dos seus saberes e fazeres. A proposta do projeto consiste em pesquisa de campo e busca por saberes e fazeres da região, que culmina com a vinda do fazedor até o museu, onde compartilha o seu saber com o público. Vale salientar que todo o trabalho de pesquisa do museu sempre contou com um protagonismo feminino muito grande, sendo a equipe que pensa e projeta as ações do Museu, em sua maioria, composta por mulheres.

2. Ações educativas do Mês do Folclore

Todos os anos o Museu elege um tema referente a cultura popular para ser discutido e desenvolve junto às escolas da região. O trabalho é com professores da rede pública e privada, estreitando diálogos e promovendo visitas das escolas ao museu. Dentre os temas já tratados tivemos a cultura do milho, cultura da mandioca, as brincadeiras, medicina popular, figureiras, entre outros. Na troca com os educadores é muito forte a presença das mulheres, pois são elas a grande maioria na educação.

3. Exposições.

O Museu do Folclore mantém exposição permanente e exposições temporárias como um dos focos de suas ações. A exposição permanente, que foi composta no ano de 2006, intitulada ‘Patrimônio Imaterial: Folclore e Identidade Regional’, traz os traços culturais do Vale do Paraíba. Ela fala do cotidiano, das festas, religiosidades, tecnologias, criações espontâneas e identidades da região, e, dentre todos esses elementos, os saberes femininos são destacados na presença das figureiras, na arte e no artesanato no geral, na culinária e nos saberes medicinais populares.
Nas exposições temporárias, os temas a serem trabalhados variam conforme as pesquisas feitas e ganham um formato museal como uma das formas de valorização do patrimônio cultural em questão. Nas últimas exposições temporárias realizadas tivemos a presença de mulheres artistas da região, promovendo a valorização de seus saberes e fazeres.